Declaração sobre a propaganda Sindical!!!

A propaganda sindical é livre, não pode sofrer censura. Destruir ou extraviar a propaganda sindical, é crime, previsto no código penal. O sindicato tem livre acesso a todas unidades hospitalares, a geres, ses e qualquer órgão do governo. A tentativa de impedimento desse direito, representa crime, previsto no código penal. O Sindsaúde fez, faz e continuará fazendo as reuniões e mini assembleias em todos os espaços públicos, como hospitais etc. Estamos de olho na diretora do hospital de Belém de São Francisco que tentou impedir reunião no hospital público, pasmem ela é servidora da saúde e do estado. Já denunciamos o prefeito de lá e o promotor ainda não se pronunciou. A O.S de Palmares vem tentado obstacular nossas atividade, inventando que o auditório não tem vaga. Mandamos o ofício com uma semana de antecedência, caso ela queira criar problema, vamos realizar a reunião no refeitório, sala de parto, no banheiro e até na besta fera, se for o caso. Estamos de olho em Palmares, pois a máfia da saúde já se instalou por lá, visto o laboratório ter sido quinterizado, do qual parte dos exames está sendo feito no Ceará. Segundo a constituição o setor privado pode participar da atividade pública como serviço complementar, só que em Petrolina, Ouricuri e Palmares o complementar passou a ser o estado. Estamos apurando, também, que uma diretora arbitrária, é mulher do assessor do deputado lessa, sendo indicada por este. Vamos ao ministério público federal, pois o estadual não faz nada e ao ministério da saúde, verificar esse laboratório.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.