A resistência de Passira!

 Hoje(02) pela manhã o Sindsaude-PE encaminhou o que foi definido em assembleia pelos trabalhadores da saúde de Passira, um ato público, em defesa dos seus direitos, e contra o descaso da gestão, que descumpre a constituição e não paga direitos trabalhistas. O prefeito até o momento não atendeu as reivindicações dos trabalhadores, o PCCVS não foi implantado, o TAC – Termo de Acordo não foi cumprido, com isso os trabalhadores continuam recebendo abaixo do salário mínimo (complementa com gratificações), sem produtividade, sem direito a tirar licença prêmio, sem condições de trabalho, alimentação e um atendimento precário a população. Junto com o sindicato, os trabalhadores dos Postos de Saúde e da Unidade Mista Nossa Senhora da Conceição, se concentraram em frente ao FÓRUM Francisco Lima Bezerra, onde denunciaram em alto e bom som, as mazelas, implantadas pela prefeitura, e ainda cobraram da promotoria agilidade quanto a morosidade, e ação sobre as denúncias encaminhadas pelo sindicato ao FÓRUM, já que, o processo que trata do TAC, vem sendo empurrado com a barriga. Com mais de 2.500 informativos intitulado PREFEITO FICHA ENCARDIDA, os trabalhadores saíram em caminhada pelas ruas e centro da cidade, distribuindo panfletos pela feira, mercado, açougue, lojas, e de porta em porta, pelas casas dos moradores. O fato interessante é que todos que foram abordados, aceitaram o panfleto gentilmente, e mais uma vez passaram a conhecer a verdadeira situação caótica em que se encontra os trabalhadores e a saúde de Passira. Para a presidenta Miriam Soares o sindicato e os trabalhadores, estão fazendo o seu papel, não iremos recuar, estamos de olho, a luta é permanente e a Resistência Somos todos Nós. Os diretores do sindicato Assis Tiago De Oliveira, o Tiago, Ângela Maria Bezerra Lins Silvana Lucia Costa. Haniel Nunes Socorro Silva, Calado, Moisés e Ricardo, participaram ativamente do ato e da panfletagem. A Resistência de Passira continua companheiros.

Haniel Nunes – Diretor Sindical

Este slideshow necessita de JavaScript.